Browsing Category : Artigos

Mitos da Psicoterapia


Existem alguns mitos que ensombram por vezes o processo de psicoterapia. Vamos visitar alguns deles! A psicoterapia é para os malucos! Na realidade, e cada vez mais, a psicoterapia (e principalmente dentro das psicoterapias humanistas) tem tido um papel fundamental em pessoas que não sofrem de uma doença mental, mas sofrem na sua vida. Todos passamos por fases mais difíceis…

Read More »

O que é que te prende?


Existem momentos na vida em que nos sentimos presos. Presos a pensamentos, emoções, relações, hábitos, memórias, história, crenças… O que te prende, a ti? O que te amarra e te impede de fluir na vida? Conhecermo-nos melhor e identificar onde nos dói é fundamental num processo de evolução pessoal. Mas não só é difícil como é doloroso. Olhar para dentro…

Read More »

A Vida não tem Mapa


Quantas vezes pensamos que não estamos preparados para determinadas etapas ou fases da nossa Vida? Quantas vezes sentimos que andamos às apalpadelas, no escuro, em relação a vários temas? Genericamente, a resposta é: muitas. Alguns de nós estão na penumbra no campo das emoções, outros na relação com o outro, e outros mesmo na relação consigo. Somos todos diferentes, e…

Read More »

Esperar pelo quê?


É aparentemente mais fácil esperar que algo externo resolva os nossos problemas ou dificuldades. Nos desafios da vida, por vezes é mais fácil esperar que algo de fora nos salve e nos venha retirar de um lugar onde não queremos estar. Mas em relação a esta temática questões, podemos olhar de forma terapêutica de duas formas.  A desresponsabilização  Se colocarmos a…

Read More »

Aproveitando o Carnaval: qual é a minha máscara?


Fevereiro é o mês do Carnaval! Reza a história que estas festividades começaram com os gregos, como uma festa pagã e que foi posteriormente anexada às festividades da Igreja Católica. Celebrando-se sempre a uma terça-feira, 47 dias antes do Domingo de Páscoa, era o momento de celebrar e de usar uma máscara, antes dos períodos de jejum e privação da…

Read More »

Reflexão sobre o workshop “Da Autoestima à Autocompaixão”


Da Autoestima à Autocompaixão No passado dia 8 de dezembro reunimos na Sintricare para falar da relação que temos connosco. Falámos de autoestima, amor-próprio e autocompaixão. O encontro começou com uma questão: qual é o melhor momento da nossa vida? Quando eramos bebés e sem preocupações? Quando somos jovens adultos, cheios de energia e a ganhar independência financeira? Cada fase…

Read More »

Dezembro: CTRL+ALT+DEL?


Está a chegar o fim do ano! Em Dezembro é a altura de fazer um CTRL+ALT+DEL a nós próprios. Vejamos… Bloquear computador? Não vamos usar essa opção para finalizar o ano! Vamos mudar essa tecla para “desbloquear computador”. Sim, isso sim: desbloquear, fluir. É o ideal para encerrar capítulos e para nos sentirmos bem connosco: fluir. Não deixar nada bloqueado, seja a comunicação, a…

Read More »

Quer saber como foi o workshop sobre mudanças?


No passado dia 1 de Novembro, estive em Sintra a facilitar o workshop aberto “Transições – Como lidar com Mudanças”, com o objetivo de divulgar a Psicoterapia Corporal em Biossíntese. Deixo aqui o resultado da entrevista feita pela Sintricare, para perceber melhor como as mudanças nos podem afetar. O que a motivou a desenvolver o workshop aberto “Transições – Como lidar com…

Read More »

Fazer diferente


Por vezes é difícil fazer diferente. A automatização que usamos para lidar com a nossa vida faz com que estejamos a conduzir a nossa vida como conduzimos um carro: já nem sabemos em que mudança estamos. Uma abordagem de maior presença no aqui e agora ajuda. E hoje em dia temos ferramentas muito interessantes como o mindfulness. De facto podemos introduzir…

Read More »

Chorar lava a alma?


Dizem que chorar lava a alma, mas também dizem que os homens não choram. Diz-se muito daquilo que se sente. Assim que nascemos temos de chorar, para depois aprender a não o fazer. Aprendemos que essa é uma fragilidade que devemos esconder numa gaveta, junto com as lamechices, os corações cor-de-rosa, as festinhas e o “amo-te”. Tal como tudo aquilo…

Read More »